O que realmente importa

Outro dia eu estava assistindo um vídeo com ministração e música. O cara que cantava estava totalmente comprometido com aquilo, não com a música em si, mas com o momento de adoração a Deus. Por outro lado, quando a câmera mostrava a igreja, muita gente parecia “alheia” a tudo aquilo. Alguns não abriam a boca, só assistiam.

Eu já estive em momentos de louvor conduzidos por aquele ministro, ele não é do tipo que atrai a atenção para si. É uma daquelas pessoas que aponta para Deus quando prega, quando ora, quando ministra e também quando canta.

Ver aquele vídeo com tanta gente “assistindo” um momento de adoração a Deus, me fez pensar em algo que passeia bastante pelo meu coração: com o que é que a gente realmente se importa quando está no culto? Onde fica nossa atenção durante o louvor?

Existe um outro ministério que eu admiro muito, tenho dvd’s, conheço as músicas e ouço com frequência. Se você me perguntar do que é que eu mais gosto nesse ministério, a resposta é essa: eu olho para eles e vejo Deus. Não vejo pessoas exaltando seus talentos, buscando fama ou atraindo atenção para si. Eles são conhecidos mundialmente, tocam e cantam com excelência, têm letras que são cantadas em muitas igrejas e em diversas línguas, mas eles apontam sempre para Deus.

Outra coisa que sempre me chama atenção sobre eles é que em qualquer ministração ou música, milhares de pessoas estão adorando JUNTO com eles. Mãos erguidas, corações rendidos e almas atentas ao Único que realmente importa.
Não quero dizer que o cara do vídeo que eu comentei lá em cima não soube conduzir as pessoas, claro que a postura de quem ministra tem influência, mas a diferença entre essas situações é a postura das pessoas fora do púlpito.

Imagine um dia muito quente. Imagine também que da sua janela é possível ver uma piscina. Olhar outras pessoas nadando não vai te refrescar, ou você vai até lá e aproveita o “momento” ou fica só como espectador.
Com a presença de Deus é assim também, você pode olhar outras pessoas desfrutando dela e ficar indiferente, ou você pode tirar os olhos das pessoas e mergulhar sua atenção em Quem realmente importa.

Quando a gente para diante da presença de Deus pra entregar algo, só Ele merece atenção. A música, as vozes, os talentos, as pessoas lá na frente, tudo deve ser ofuscado por Jesus, pela Sua majestade, pela Sua presença que deveria ter sempre nosso olhar atento mais do que qualquer outra coisa.

Não importa se você está em cima do púlpito ministrando ou se está na igreja no meio das pessoas, só Deus importa, quem Ele é, o que Ele deseja das nossas vidas e tudo que Ele é digno de receber.

Pois dEle, por Ele e para Ele são todas as coisas. A Ele seja a glória para sempre! Amém. Rm. 11.36

Anúncios
2 comentários
  1. Moab disse:

    Ola meu querido, tudo bem?
    Estou acompanhando o blog a pouquíssimo tempo rss na verdade eu encontrei através de outro blog (Web zone).

    Bem, sobre o que vc falou muitas vezes isso acontece e é verdade. Mas com o passar do tempo eu aprendi que muitas pessoas tem a sua maneira de se relacionar com Deus. Claro que realmente tem pessoas que estão ali pensando em como foi o jogo de futebol a poucas horas atras…
    Mas o que eu estou querendo dizer é que as vezes tem muitos ministros (ou pessoas de fora) que se preocupam em como o “publico” esta reagindo.
    Eu ja tive momentos que o louvor estava rolando e atraves daquele louvor eu fui levado para situações na minha vida onde Deus me mostrava exatamente o que estava acontecendo… e parecia que a letra da música ia me curando sabe rsss Eu simplesmente segurava o banco de cabeça baixa pensando em tudo.
    As vezes o cara esta com o coração triste e magoado, e simplesmente precisa “ouvir”… nada mais que isso… rsss não é verdade?!
    Deus tem suas maneiras de agir e nunca vamos entender rsss

    Grande abraço meu querido… Deus abençoe

    • Nat Bittencourt disse:

      Olá Moab!

      Na verdade eu sou uma menina, rs…

      Obrigada por ler o blog!
      Eu concordo muito com você, cada um tem seu jeito de adorar a Deus, nem sempre é com as reações que esperamos, porque só Deus e a pessoa sabem o que vai no coração e não são os gestos que vão dizer se é verdadeiro ou não.
      O que quis dizer nesse post é que tem gente que fica alheia aos momentos de adoração e nem se importa em demonstrar isso, não estão muito “interessados” no que está acontecendo.

      Mas você tem razão, pode ser que uma pessoa esteja com uma expressão mais quieta, mas em seu interior muita coisa esteja acontecendo, só Deus é quem sabe…
      Eu já ministrei louvor, por isso gosto de falar desse assunto. Minha preocupação não era necessariamente a reação das pessoas, mas sim o fato de elas estarem diante de Deus maravilhoso e deixarem o momento passar, entende? Foi nesse sentido que escrevi. =)

      Que Deus te abençoe! Volte mais vezes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s